A Prefeitura de Uberaba recebeu ontem, a obra do Memorial Chico Xavier. O espaço, que abrigará a obra do médium, propiciará à comunidade atividades sociais e culturais, com capacitações, palestras, seminários e oficinas.

No local também aconteceu a entrega da Comenda da Paz Chico Xavier, que nasceu de iniciativa do prefeito Paulo Piau, enquanto deputado Estadual, sendo uma das mais importantes homenagens do Governo de Minas Gerais. Foram agraciados com a comenda: Aldo Rabelo (Ex-ministro da Defesa), Ananias Neves Ferreira (advogado), Joana Giorgeti (presidente da Associação de Promoção do Menor), José Ricardo Braga (administrador), Maria Elisa Dias (pedagoga), Fábio Alves dos Santos (professor – In memoriam), Albergue Fraterno Bezerra de Menezes, Associação dos Voluntários do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Grupo Santa Casa de Belo Horizonte e Núcleo de Voluntários de Combate ao Câncer de Sete Lagoas.

Em seu discurso, Alberto Alves destacou o empenho do prefeito Paulo Piau para retomar a obra do Memorial no início do mandato, e o trabalho feito em parceria com a prefeitura, que resultou na entrega da obra que será um legado para a cidade de Uberaba, principalmente na área do turismo.

O Memorial foi construído com recursos do Ministério do Turismo, na primeira e segunda etapa, na ordem de aproximadamente R$ 4,3 milhões, e a terceira etapa foi realizada com recursos da prefeitura na ordem de R$ 620 mil. O prédio conta com área de exposição interna, anfiteatro, espaço para livraria, lanchonete e área externa com arquibancadas. O prefeito Paulo Piau destacou a importância da obra para a cidade, falou sobre as parcerias para que o Memorial se tornasse realidade e parabenizou os homenageados pela Comenda. Durante o discurso Piau revelou que os recursos para a compra do mobiliário já estavam empenhados pelo Ministério.

Mediante a entrega da obra, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo passa a gestão à Fundação Cultural, que assumirá a operacionalização do Memorial e já dispõe de um museólogo que organizará o espaço para ser inaugurado. “O recurso para o mobiliário, da ordem de R$ 480 mil já está empenhado, e acreditamos que em breve será liberado pelo ministério. Assim faremos uma ocupação como deve ser: de forma correta e organizada”, disse Piau, afirmando ainda, ao filho de Chico que estava presente, Eurípedes Higino, que o local será gerido pela municipalidade sem fins lucrativos.

Vale lembrar que já está em elaboração um Plano de Ocupação do Memorial Chico Xavier, para que todo o material doado e o acervo referente ao médium sejam distribuídos de maneira harmônica e agradável ao público. Muitas doações já foram realizadas para comporem o prédio dedicado ao Chico Xavier. Até o momento o acervo captado já conta com 187 obras escritas pelo médium, além de um acervo de fitas e livros sobre sua história. Também foi realizada doação de um holograma que passará na parede imagens do Chico, e a mesa e a cadeira onde o Chico realizou os primeiros receituários, doado pela Comunhão Espírita Cristã de Uberaba.

Ao finalizar a solenidade, o vice-governador Antônio Andrade destacou a importância da obra para Uberaba e para Minas. Ele também revelou que está trabalhando para atender demanda do deputado Tony Carlos, para anexar a área da Cohab (Companhia Habitacional de Minas Gerais), de 2 mil m² ao Memorial.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here